por Breno Braga - 04 de julho, 2019

Renda Fixa


São aplicações onde a taxa de retorno é acordada previamente podendo ser pré-fixada ou pós-fixada. Nos títulos pré-fixados os juros são definidos no momento da aplicação e sabe-se antecipadamente o valor final que será resgatado. Já os títulos pós-fixados possuem sua taxa de juros atrelada a algum índice como o CDI ou inflação e o valor final a receber só será conhecido na data do vencimento.
Algumas dessas aplicações contam ainda com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito até o valor de R$250.000,00 por CPF, instituição ou conglomerado financeiro. Exemplos de investimentos segurados pelo FGC: CDB, LCI, LCA, LC, LH, LF.
Além disso, alguns títulos são isentos de imposto de renda para pessoas físicas.